quarta-feira, 3 de março de 2010

Natureza de Saudade

Andei pelos jardins da cidade.
A força da terra estava lá. Estava nos troncos que abraçavam as pedras da calçada, nos troncos retorcidos subindo para o céu, nos troncos esvaídos em preguiça alongada e espalmada...




A nossa força está na nossa vontade de quebrar as grades da ilha-prisão e a ela voltar, morrendo na cela da saudade,
e como árvores, morreremos de pé!
Quem sabe abraçados às árvores da nossa saudade!


3 comentários:

  1. Estas fotos das árvores fizeram-me pensar noutros temas a que podemos dedicar a nossa atenção: portas, janelas ....
    Gosto das portas, mas quando encontro alguma interessante, não tenho a máquina comigo. Vou tentar conciliar as duas coisas.

    ResponderEliminar
  2. Gosto muito destas fotos: mostram a 'alma' das árvores... Acho que estas árvores deviam estar mais protegidas, mesmo fisicamente, com qualquer ooisa para evitar que até os carros lhes 'pisem os calos' como já vi acontecer :(

    ResponderEliminar